SABORLATINO
Convite à Dança e Música
23 de Setembro de 2007

Cada um tem de mim exatamente o que cativou, e cada um é responsável pelo que cativou, não suporto falsidade e mentira, a verdade pode machucar, mas é sempre mais digna. Bom mesmo é ir a luta com determinação, abraçar a vida e viver com paixão. Perder com classe e vencer com ousadia, pois o triunfo pertence a quem mais se atreve e a vida é muito para ser insignificante. Eu faço e abuso da felicidade e não desisto dos meus sonhos. O mundo está nas mãos daqueles que tem coragem de sonhar e correr o risco de viver seus sonhos.

Charles Chaplin


 

publicado por maripossa às 21:15 link do post
tags:
13 de Agosto de 2007

Saudade é solidão acompanhada,
é quando o amor ainda não foi embora,
mas o amado já...

 
Saudade é amar um passado que ainda não passou,
é recusar um presente que nos machuca,
é não ver o futuro que nos convida...

 
Saudade é sentir que existe o que não existe mais...

 
Saudade é o inferno dos que perderam,
é  a dor dos que ficaram para trás,
é o gosto de morte na boca dos que continuam...

 
Só uma pessoa no mundo deseja sentir saudade:
aquela que nunca amou.

 
E esse é o maior dos sofrimentos:
não ter por quem sentir saudades,
passar pela vida e não viver.

 
O maior dos sofrimentos é nunca ter sofrido...

 
Pablo Neruda


publicado por maripossa às 20:39 link do post
sinto-me: Sorridente
tags:
12 de Agosto de 2007

Foram então as ânsias e os pinhais
Transformados em frágeis caravelas
Que partiam guiadas por sinais
Duma agulha inquieta como elas...

 

Foram então abraços repetidos
À Pátria-Mãe-Viúva que ficava
Na areia fria aos gritos e aos gemidos
Pela morte dos filhos que beijava.

Foram então as velas enfunadas
Por um sopro viril de reacção
Às palavras cansadas
Que se ouviam no cais dessa ilusão.

 

Foram então as horas no convés
Do grande sonho que mandava ser
Cada homem tão firme nos seus pés
Que a nau tremesse sem ninguém tremer.


Miguel Torga

publicado por maripossa às 22:37 link do post
sinto-me: Portuguêsa
tags:
19 de Julho de 2007

Pedra,

assento sobre pedra.

Uma casa de pedra,

Uma rua de casas de pedra,

Uma aldeia formada

de casas de pedra!

E nessa aldeia perdida,

Esquecida das gentes novas

e dos braços com vigor...

Ouvidos de velhos

escutam muito timidamente

Por detrás das portas entreabertas

o som dos passos estranhos

dos estranhos que pisam

a rua de pedra

 

Retalhos do Tempo

publicado por maripossa às 00:19 link do post
sinto-me:
tags:
04 de Julho de 2007

Deixemos lá a chuva,a neve.

É da monotonia

Que nasce a cor.

Terá a vida doce

Quem teve dura vida

Momentos de dor.

Mas se a doçura traz tardança,

Esperemos que para isso há a esperança,

Que ilumina,que tanto aquece.

Virá um céu lindo azul.

Chegarão aves do Sul

E,por fim,a nuvem fenece.

 

publicado por maripossa às 23:22 link do post
sinto-me:
tags:
29 de Junho de 2007

Procuro-me em pungente fila indiana

Do tamanho das Montanhas Rochosas.

Vivo sempre numa zona raiana

Entre a esperança e horas dolorosas.

 

Sigo nos Andes em voo de condor

Em febril obsessão de me encontrar.

De vez em quando aparece uma flor

Para, no instante seguinte, murchar.

  

Um Índio entende a minha ansiedade

Porque ele busca a sua identidade

Na profundidade da Cordilheira.

  

Sentamo-nos numa íngreme ladeira.

Recordar o passado é suave e duro!

Procuramo-nos no céu do futuro

 

 

Augusto lemos

publicado por maripossa às 22:54 link do post
sinto-me:
tags:
21 de Junho de 2007

Com o tempo o lago mudou

E a brisa estremece

Não sei se penso em tudo

Ou se tudo me esquece

O lago nada me diz

Não sinto a brisa mexer

Não sei se sou feliz

Ou se desejo ser

Trêmulos vincos risonhos

Na água adormecida

Por que fiz eu dos sonhos

A minha única vida...


saborlatino

publicado por maripossa às 00:31 link do post
sinto-me:
tags:
09 de Junho de 2007

Não sei de que cor são os navios
quando naufragam no meio dos teus braços
sei que há um corpo nunca encontrado algures no mar
e que esse corpo vivo é o teu corpo imaterial
a tua promessa nos mastros de todos os veleiros
a ilha perfumada das tuas pernas
o teu ventre de conchas e corais
a gruta onde me esperas
com teus lábios de espuma e de salsugem
os teus naufrágios
e a grande equação do vento e da viagem
onde o acaso floresce com seus espelhos
seus indícios de rosa e descoberta.
Não sei de que cor é essa linha
onde se cruza a lua e a mastreação
mas sei que em cada rua há uma esquina
uma abertura entre a rotina e a maravilha.
há uma hora de fogo para o azul
a hora em que te encontro e não te encontro
há um ângulo ao contrário
uma geometria mágica onde tudo pode ser possível
há um mar imaginário aberto em cada página
não me venham dizer que nunca mais
as rotas nascem do desejo
e eu quero o cruzeiro do sul das tuas mãos
quero o teu nome escrito nas marés
nesta cidade onde no sítio mais absurdo
num sentido proibido ou num semáforo
todos os poentes me dizem quem tu és.

manuel alegre

publicado por maripossa às 17:48 link do post
sinto-me:
tags:
04 de Junho de 2007

O passado passou por mim

No corpo de uma mulher

Vinte anos sem esquecer

Passado, lembrado assim

 

Eu vi as rugas no seu rosto

Idade, cruel não perdoa

Realidade, que magoa

E causa profundo desgosto.

 

Neste planeta tão imundo

Que é o nosso louco mundo

Sentindo como poeta, sem nome sequer

 

Eu afirmo sinceramente

É pena não ser permanente

A juventude e a beleza da mulher!

 

Justiça de fafe/11/10/1979)

publicado por maripossa às 23:02 link do post
sinto-me:
tags:
28 de Maio de 2007

Como se houvesse uma tempestade
escurecendo os teus cabelos,
ou, se preferes, minha boca nos teus olhos
carregada de flor e dos teus dedos;
como se houvesse uma criança cega
aos tropeções dentro de ti,
eu falei em neve - e tu calavas
a voz onde contigo me perdi.
Como se a noite se viesse e te levasse,
eu era só fome o que sentia;
Digo-te adeus, como se não voltasse
ao país onde teu corpo principia.
Como se houvesse nuvens sobre nuvens
e sobre as nuvens mar perfeito,
ou, se preferes, a tua boca clara
singrando largamente no meu peito.

 

Eugénio de Andrade


publicado por maripossa às 20:51 link do post
sinto-me:
tags:
Fevereiro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
subscrever feeds
Posts mais comentados
7 comentários
6 comentários
4 comentários
4 comentários
4 comentários
4 comentários
2 comentários
2 comentários
2 comentários
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
tags

actores

actores ivone silva

agradecimento_nomeação

amália

amigas

amigos

amigo_música_verdade

amizade

amor e dança

aniversário

aniversario

aniversário_27_01_2009- dois anos

aprender dançar

artistas portugueses

bailarinos

banda desenhada

bolero_da_nossa_vida

bombeiros

canções da nossa vida

cantores

cantores franceses

cantores italianos

cantores latinos

cantores portugueses

cantores-italianos

cantores_brasileiros

carlos paredes-verdes anos

carnaval 2008

cinema_da_nossa vida

circo

compositor

conselhos

contos de natal

conversas

criança

dança

dança e saúde

dança flamenco

dança latina

dança merengue

dança no gelo

dança passo doble

dança quicksetep

dança salsa

dança-roda-de-casino

dança-soltinho

dançar

dançar_tango_aprender

danças africanas

danças tradicionais

dança_fim semana

dança_fim_de_semana

dança_latinas

dança_latinas_desporto

dança_musical_paixão

dança_praça

dança_programa_tv

dança_recordação_amizade

dança_salsa_beleza_movimento

dança_samba

dança_slow fox

dança_tango

dança_tango_paixão

datas

datas comemorativas

datas trágicas

dia mundial da dança

elvis presley_data de sua morte

esclarecer

escritores portuguêses

fábula

factos da vida

fado

filmes da minha vida

frase da noite

frases

frases de vida

instrumentos musicais

meus poemas

mulheres famosas

música

musica

música brasileira

música latina

música portuguesa

músicas_da_vida

musica_da_ vida

música_italiana

músicos internacionais

natal 2007

passagens da vida

pensamentos

poemas

poemas_meus

poesia brasileira

poesia diversa

poesia portuguesa

prossa

rios

tango

todas as tags

últ. comentários
Olá,adorei o video e a sua descrição! mas eu queri...
Ola boa tarde Nuno..... Também foi com surpresa qu...
Olá, Lisa!Não estejas preocupada, amiga...eu enten...
Amiga Tina. Como se diz mais vale tarde que nunca?...
Ola querida amiga. Desculpa de só agora responder....
Boa noite Nuno Guimarães. Fiquei surpreendida com ...
Aprecio muito a música do saudoso Tony de Matos e ...
Boa tarde,Foi com surpresa que li o texto sobre o ...
Olá Lisa!Lindo este poema que trouxeste sobre bail...
Amiga LILisa AMEI O POEMA
blogs SAPO