SABORLATINO
Convite à Dança e Música
10 de Dezembro de 2007

A Christmas Carol é um livro de Charles Dickens. Com várias traduções no Brasil, sendo a mais correta Um Cântico de Natal, o livro foi escrito em menos de um mês originalmente para pagar dívidas, mas tornou-se um dos maiores clássicos Natalinos de todos os tempos. Charles Dickens o descreveu como seu "livrinho de Natal", e foi primeiramente publicado em 19 de Dezembro de 1843, com as ilustrações de John Leech. A história transformou-se instantaneamente num sucesso, vendendo mais de seis mil cópias em uma semana.

Ebenezer Scrooge é um homem avarento que não gosta do Natal. Trabalha num escritório em Londres com Bob Cratchit, seu pobre, mas feliz, empregado, pai de quatro filhos, com um carinho especial pelo frágil Tiny Tim, que tem problemas nas pernas.

Numa véspera de Natal Scrooge recebe a visita de seu ex-sócio Jacob Marley, morto havia sete anos naquele mesmo dia. Marley diz que seu espírito não pode ter paz, já que não foi bom nem generoso em vida, mas que Scrooge tem uma chance, e por isso três espíritos o visitariam.

O primeiro espírito chega, um ser com uma luz que emanava de sua cabeça e um apagador de velas embaixo do braço à guisa de chapéu. Este é o Espírito dos Natais Passados, que leva Scrooge de volta no tempo e mostra sua adolescência e o início da sua vida adulta, quando Scrooge ainda amava o Natal. Triste com as lembranças, Scrooge enfia o chapéu na cabeça do espírito, ocultando a luz. O espírito desaparece deixando Scrooge de volta ao seu quarto.

O segundo espírito, o dos Natais Presentes, é um gigante risonho com uma coroa de azevinho e uma tocha na mão. Ele mostra a Scrooge as celebrações do presente, incluindo a humilde comemoração natalina dos Cratchit, onde vê que, apesar de pobre, a família de seu empregado é muito feliz e unida. A tocha na mão do espírito tem a utilidade de dar um sabor especial à ceia daqueles que fossem "contemplados" com sua luz. No fim da viagem, o espírito revela sob seu manto duas crianças de caras terríveis, a Ignorância e a Miséria, e pede que os homens tenham cuidado com elas. Depois disso vai embora.

O terceiro espírito, dos Natais Futuros, apresenta-se como uma figura alta envolta num traje negro que oculta seu rosto, deixando apenas uma mão aparente. O espírito não diz nada, mas aponta, e mostra a Scrooge sua morte solitária, sem amigos.

Após a visita dos três espíritos, Scrooge amanhece como um outro homem. Passa a amar o espírito de Natal, e a ser generoso com os que precisavam, e a ajudar seu empregado Bob Cratchit, tornando-se um segundo pai para Tiny Tim. Diz-se que ninguém celebrava o Natal com mais entusiasmo que ele.

Fonte Wikipédia

publicado por maripossa às 21:37 link do post
Dezembro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
13
15
17
19
22
24
25
26
29
subscrever feeds
Posts mais comentados
32 comentários
23 comentários
22 comentários
20 comentários
16 comentários
15 comentários
15 comentários
14 comentários
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
tags

actores

actores ivone silva

agradecimento_nomeação

amália

amigas

amigos

amigo_música_verdade

amizade

amor e dança

aniversário

aniversario

aniversário_27_01_2009- dois anos

aprender dançar

artistas portugueses

bailarinos

banda desenhada

bolero_da_nossa_vida

bombeiros

canções da nossa vida

cantores

cantores franceses

cantores italianos

cantores latinos

cantores portugueses

cantores-italianos

cantores_brasileiros

carlos paredes-verdes anos

carnaval 2008

cinema_da_nossa vida

circo

compositor

conselhos

contos de natal

conversas

criança

dança

dança e saúde

dança flamenco

dança latina

dança merengue

dança no gelo

dança passo doble

dança quicksetep

dança salsa

dança-roda-de-casino

dança-soltinho

dançar

dançar_tango_aprender

danças africanas

danças tradicionais

dança_fim semana

dança_fim_de_semana

dança_latinas

dança_latinas_desporto

dança_musical_paixão

dança_praça

dança_programa_tv

dança_recordação_amizade

dança_salsa_beleza_movimento

dança_samba

dança_slow fox

dança_tango

dança_tango_paixão

datas

datas comemorativas

datas trágicas

dia mundial da dança

elvis presley_data de sua morte

esclarecer

escritores portuguêses

fábula

factos da vida

fado

filmes da minha vida

frase da noite

frases

frases de vida

instrumentos musicais

meus poemas

mulheres famosas

música

musica

música brasileira

música latina

música portuguesa

músicas_da_vida

musica_da_ vida

música_italiana

músicos internacionais

natal 2007

passagens da vida

pensamentos

poemas

poemas_meus

poesia brasileira

poesia diversa

poesia portuguesa

prossa

rios

tango

todas as tags

últ. comentários
Olá,adorei o video e a sua descrição! mas eu queri...
Ola boa tarde Nuno..... Também foi com surpresa qu...
Olá, Lisa!Não estejas preocupada, amiga...eu enten...
Amiga Tina. Como se diz mais vale tarde que nunca?...
Ola querida amiga. Desculpa de só agora responder....
Boa noite Nuno Guimarães. Fiquei surpreendida com ...
Aprecio muito a música do saudoso Tony de Matos e ...
Boa tarde,Foi com surpresa que li o texto sobre o ...
Olá Lisa!Lindo este poema que trouxeste sobre bail...
Amiga LILisa AMEI O POEMA
blogs SAPO