SABORLATINO
Convite à Dança e Música
31 de Outubro de 2007

Quantas vezes na vida, choramos. Muitas certamente de amor desilusão por coisas que não lembramos, ou de outras que chegam todos os dias, de alguém querido, do seu saber do consolo nas horas tristes, de sua mão.
Pois eu hoje poderia chorar ao lembrar de alguém, que amei muito, mas não já falei só! e pensei na sua alegria, pois este blog me diz que é “saborlatino”como eu sou latina, posso escrever nele saudade, alma, paixão, encantamento, até de dança! Pois hoje me lembrei de tudo isto. Aqui ficará flores para ti,cor de rosa como gostas,em cada uma nas tuas pétalas,ficara saudade alegria,da loucura de te levar ao colo e saltar contigo,te sentias feliz eu igual,quando querias dançar! lembras,era só comigo.
Para Ti em algum lugar, fica este teu encantamento, e tua beleza teus lindos olhos azuis…M…
Lisa/saborlatino
publicado por maripossa às 19:01 link do post
tags:
29 de Outubro de 2007

A salsa tem origem cubana, denominado Som Montuno e dançado na região em pares soltos e livres.
com a chegada dos Franceses no século xvIII e dança passa ser feita em posição de dança, mas de grande separação entre os casais na zona pélvica, dançando ambos com as pernas flexionadas, pois na altura os jovens iam ao baile e parecia ridículo os jovens estarem muito junto
Nos anos 50 em Havana, grandes salões, como Casino Desportivo, se dançava o som e outros ritmos cubanos entre os quais FoxTrot,Rock.
A influencia desses ritmos, e porque os movimentos eram giros se introduziu a maneira de dançar a chamada Roda de Casino em que os pares sempre dançando em volta do salão vão rodando e trocando de par a dançar a isto se chama RODA DE CASINO o que gosto bastante ao som do Cha Cha Cha

saborlatino

publicado por maripossa às 18:54 link do post
26 de Outubro de 2007

Julio José Iglesias de La Cueva (Madrid, 23 de setembro de 1943) é um cantor espanhol de fama internacional.

Marcado pela voz e seu detalhismo nas canções, além de grande carisma, se tornou o mais bem sucedido artista latino em todos os tempos, com números impressionantes: 250 milhões cópias vendidas, 2600 discos de ouro e de platina, quatro mil espetáculos em mais de quinhentas cidades do mundo e uma canção tocada a cada trintasegundos.

Mora em Miami, com a sua esposa, onde cuida de sua carreira.

Foi goleiro do Real Madri!


publicado por maripossa às 21:36 link do post
tags:
25 de Outubro de 2007

Uma alegria contagiante no ar
As luzes coloridas, a brilhar
Uma música da moda a tocar
Todos animados, a dançar
Pelo jeito ninguém quer parar
Esse momento mágico, querem aproveitar
Ruim é saber que isso uma hora vai acabar
A magia vai cessar
A música vai se calar
A luz vai desligar
O sol vai raiar
Um dia normal vai começar!


Clarice Pacheco


publicado por maripossa às 17:00 link do post
tags:
23 de Outubro de 2007


Não te amo como se fosses a rosa de sal, topázio
Ou flechas de cravos que propagam o fogo:
Te amo como se amam certas coisas obscuras,
Secretamente, entre a sombra e a alma.
Te amo como a planta que não floresce e leva
Dentro de si, oculta, a luz daquelas flores,
E graças a teu amor vive escuro em meu corpo
O apertado aroma que ascendeu da terra.
Te amo sem saber como, nem quando, nem onde,
Te amo assim diretamente sem problemas nem orgulho:
Assim te amo porque não sei amar de outra maneira,
Senão assim deste modo que não sou nem és,
Tão perto que tua mão sobre o meu peito é minha,
Tão perto que se fecham teus olhos com meu sonho.
Antes de amar-te, amor, nada era meu:
Vacilei pelas ruas e as coisas.
Nada contava nem tinha nome.
O mundo era do ar que esperava
E conheci salões cinzentos,
Túneis habitados pela lua,
Hangares cruéis que se dependiam,
Perguntas que insistiam na areia.
Tudo estava vazio, morto e mudo.
Caído, abandonado, decaído,
Tudo era inalianavelmente alheio.
Tudo era dos outros e de ninguém,
Até que tua beleza e tua pobreza
De dádivas encheram o outono

 

Pablo Neruda

 


publicado por maripossa às 19:05 link do post
19 de Outubro de 2007

Marcus Vinícius da Cruz de Mello Moraes, ou Vinícius de Moraes, (Rio de Janeiro, 19 de outubro de 1913; Rio de Janeiro, 9 de julho de 1980) foi um diplomata, jornalista, poeta e compositor brasileiro.

Poeta essencialmente lírico, o "poetinha" (como ficou conhecido) notabilizou-se pelos seus sonetos, forma poética que se tornou quase associada ao seu nome. Conhecido por também ser boêmio inveterado, fumante e apreciador do uísque, Vinícius também era conhecido por ser um grande conquistador. O poetinha casou-se por nove vezes ao longo de sua vida.

Sua obra é vasta, passando pela literatura, teatro, cinema e música. No campo musical, o poetinha teve como principais parceiros Tom Jobim, Toquinho, Baden Powell e Carlos Lyra.

Na noite de 8 de julho de 1980, acertando detalhes com Toquinho das canções do "Arca de Noé", Vinícius alegou estar cansado e foi tomar um banho. Toquinho foi dormir. Na madrugada do dia 9 de julho, Vinícius foi acordado pela empregada, que o encontrara na banheira de casa, com dificuldades para respirar. Toquinho foi ao seu socorro, seguido por Gilda Mattoso (última esposa do poeta) mas não houve tempo para socorrê-lo. Vinícius de Moraes morreria na manhã seguinte, 9 de julho.

No enterro, consolada por Elis Regina, Gilda recordava da noite anterior, quando, em uma entrevista, perguntaram a Vinícius: "Você está com medo da morte?". E o poeta, placidamente, respondeu: "Não, meu filho. Eu não estou com medo da morte. Estou é com saudades da vida".

 

 

SOLIDÂO

 


A maior solidão é a do ser que não ama. A maior solidão é a dor do ser que se ausenta, que se defende, que se fecha, que se recusa a participar da vida humana.

A maior solidão é a do homem encerrado em si mesmo, no absoluto de si mesmo,
o que não dá a quem pede o que ele pode dar de amor, de amizade, de socorro.

O maior solitário é o que tem medo de amar, o que tem medo de ferir e ferir-se,
o ser casto da mulher, do amigo, do povo, do mundo. Esse queima como uma lâmpada triste, cujo reflexo entristece também tudo em torno. Ele é a angústia do mundo que o reflete. Ele é o que se recusa às verdadeiras fontes de emoção, as que são o patrimônio de todos, e, encerrado em seu duro privilégio, semeia pedras do alto de sua fria e desolada torre.

Vinicius de Moraes

publicado por maripossa às 17:30 link do post
17 de Outubro de 2007

Perdido seja para nós aquele dia em que não se dançou nem uma vez! E falsa seja para nós toda a verdade que não tenha sido acompanhada por uma gargalhada!.

 

Friedrich Nietzsche

publicado por maripossa às 18:55 link do post
tags:
15 de Outubro de 2007

Cada dia a natureza produz o suficiente para nossa carência. Se cada um tomasse o que lhe fosse necessário, não havia pobreza no mundo e ninguém morreria de fome.


Mahatma Gandhi


Não preciso me drogar para ser um gênio;
Não preciso ser um gênio para ser humano;
Mas preciso do seu sorriso para ser feliz.


Charles Chaplin


publicado por maripossa às 16:47 link do post
12 de Outubro de 2007

Há noites que são feitas dos meus braços
e um silêncio comum às violetas
e há sete luas que são sete traços
de sete noites que nunca foram feitas


Há noites que levamos à cintura
como um cinto de grandes borboletas.
E um risco a sangue na nossa carne escura
duma espada à bainha de um cometa.


Há noites que nos deixam para trás
enrolados no nosso desencanto
e cisnes brancos que só são iguais
à mais longínqua onda de seu canto.


Há noites que nos levam para onde
o fantasma de nós fica mais perto:
e é sempre a nossa voz que nos responde
e só o nosso nome estava certo.

Natália Correia

 

publicado por maripossa às 19:13 link do post
10 de Outubro de 2007

África flor negra, de perfume

De fruta gostosa, nos lábios

Bravia da esperança, sede bonança

Serás sempre, a espera e azedume

 

 Da luz do sol intenso, perfumes

Da savana bravia, destruída

Pela ganância do homem, medo

Como num belo batuque, e dor

 

Serás sempre a África, que sente

E dás amor, da mãe negra chorosa

Sem pão, com guerra e fome, suor!

Teus clamores, vais gritar, chorar.

 

Uma dor de morte, guerra

Que sentes a todo instante

Teus olhos sentem a espera

De um dia África chegar

A Primavera!...

 

Lisa/saborlatino

 

publicado por maripossa às 17:13 link do post
Outubro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
13
14
16
18
20
21
22
24
27
28
30
subscrever feeds
Posts mais comentados
32 comentários
23 comentários
22 comentários
20 comentários
16 comentários
15 comentários
15 comentários
14 comentários
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
tags

actores

actores ivone silva

agradecimento_nomeação

amália

amigas

amigos

amigo_música_verdade

amizade

amor e dança

aniversário

aniversario

aniversário_27_01_2009- dois anos

aprender dançar

artistas portugueses

bailarinos

banda desenhada

bolero_da_nossa_vida

bombeiros

canções da nossa vida

cantores

cantores franceses

cantores italianos

cantores latinos

cantores portugueses

cantores-italianos

cantores_brasileiros

carlos paredes-verdes anos

carnaval 2008

cinema_da_nossa vida

circo

compositor

conselhos

contos de natal

conversas

criança

dança

dança e saúde

dança flamenco

dança latina

dança merengue

dança no gelo

dança passo doble

dança quicksetep

dança salsa

dança-roda-de-casino

dança-soltinho

dançar

dançar_tango_aprender

danças africanas

danças tradicionais

dança_fim semana

dança_fim_de_semana

dança_latinas

dança_latinas_desporto

dança_musical_paixão

dança_praça

dança_programa_tv

dança_recordação_amizade

dança_salsa_beleza_movimento

dança_samba

dança_slow fox

dança_tango

dança_tango_paixão

datas

datas comemorativas

datas trágicas

dia mundial da dança

elvis presley_data de sua morte

esclarecer

escritores portuguêses

fábula

factos da vida

fado

filmes da minha vida

frase da noite

frases

frases de vida

instrumentos musicais

meus poemas

mulheres famosas

música

musica

música brasileira

música latina

música portuguesa

músicas_da_vida

musica_da_ vida

música_italiana

músicos internacionais

natal 2007

passagens da vida

pensamentos

poemas

poemas_meus

poesia brasileira

poesia diversa

poesia portuguesa

prossa

rios

tango

todas as tags

últ. comentários
Olá,adorei o video e a sua descrição! mas eu queri...
Ola boa tarde Nuno..... Também foi com surpresa qu...
Olá, Lisa!Não estejas preocupada, amiga...eu enten...
Amiga Tina. Como se diz mais vale tarde que nunca?...
Ola querida amiga. Desculpa de só agora responder....
Boa noite Nuno Guimarães. Fiquei surpreendida com ...
Aprecio muito a música do saudoso Tony de Matos e ...
Boa tarde,Foi com surpresa que li o texto sobre o ...
Olá Lisa!Lindo este poema que trouxeste sobre bail...
Amiga LILisa AMEI O POEMA
blogs SAPO