SABORLATINO
Convite à Dança e Música
30 de Julho de 2007

Há homens que lutam um dia e são bons; Há outros que lutam um ano e são melhores.
Há os que lutam muitos anos e são muito bons.
Mas há os que lutam toda a vida, e estes são imprescindíveis.


(Bertold Brecht)

ll

 
 Aqueles que negam liberdade aos outros não a merecem para si mesmos."-

 Abraham Lincoln

publicado por maripossa às 18:24 link do post
sinto-me: A Pensar em Férias
tags:
28 de Julho de 2007

A maior solidão é a do ser que não ama. A maior solidão é a dor do ser que se ausenta, que se defende, que se fecha, que se recusa a participar da vida humana.

A maior solidão é a do homem encerrado em si mesmo, no absoluto de si mesmo,
o que não dá a quem pede o que ele pode dar de amor, de amizade, de socorro.

O maior solitário é o que tem medo de amar, o que tem medo de ferir e ferir-se,
o ser casto da mulher, do amigo, do povo, do mundo. Esse queima como uma lâmpada triste, cujo reflexo entristece também tudo em torno. Ele é a angústia do mundo que o reflete. Ele é o que se recusa às verdadeiras fontes de emoção, as que são o patrimônio de todos, e, encerrado em seu duro privilégio, semeia pedras do alto de sua fria e desolada torre.


Vinicius de Moraes

publicado por maripossa às 19:39 link do post
sinto-me: Em Fim Semana
26 de Julho de 2007

Entrei numa livraria. Pus-me a contar os livros que há para ler e os anos que terei de vida. Não chegam,não duro nem metade da livraria.

Deve certamente haver outras maneiras de se salvar uma pessoa,senão estou perdido.

No entanto, as pessoas que entravam na livraria estavam todas muito bem vestidas de quem precisa salvar-se

José de  Almada Negreiros

publicado por maripossa às 23:29 link do post
sinto-me:
tags:
25 de Julho de 2007

Tango Es el tango) um pensamento triste que se baila, expressão musical e coreografica,surje no final do século XIX e inicio do século XX nas cidades de Montevidéu,Buenos Aires em todo o território do Rio da Prata.

Mas será na capital portenha,sobretudo nos cabarés e bordéis dos subúrbios desta cidade que crescia com enorme rapidez, que o Tango-dança de movimentos lascivos e ousados-encontrará terreno fértil para se desenvolver.

Tratava-se de uma época a qual se começaram a misturar, ritmos e elementos culturais diversas  procedências,como aqueles trazidos pela leva de emigrantes Europeus,Italianos e Alemães-o batuque dos negros chamado Candombe,a Habanera cubana e o Tango Andaluz.

Todo este contexto de subúrbio,de emigração,nostalgia,violências e paixões,que dará ao Tango uma estética e expressevidade própia inspirando assim os seus temas.

Em 1910 o Tango foi levado a París,que vivia uma época de grande abertura pelas "culturas exóticas" e passou a figurar entre as principais atrações artísticas,não apenas na Capital francesa como Londres e Nova York.

O tango inicialmente era tocado a flauta,o violino e o violão,em seguida se irá juntar bandoneón"um tipo de acordeão que chaga ao Rio da Prata pelas mãos de imigrantes alemães em 1900 e que passará a ser o instrumento principal,até a década de 20,o Tango era feito para a dança e será apartir daqui,que ira afirmar-se pela voz de Carlos Gardel,o cantor que fará sucesso na Argentina,como outra personagem da historia do Tango Astor Piazola,outra personagem que irá resgatar o Tango do esquecimento nos anos 60 e inovar as formas tradicionais.

È interessante notar que o Tango,apesar de ter influenciado outros ritmos de dança de salão como o samba e o bolero,mantém-se como independentes destas, sendo dançado em bailes específicos de Tango

maripossa

publicado por maripossa às 22:22 link do post
sinto-me:
tags:
23 de Julho de 2007

Carlos Paredes (Coimbra, 16 de Fevereiro de 1925 — Lisboa, 23 de Julho de 2004) foi um compositor e guitarrista português.


Ele era conhecido como O mestre da guitarra portuguesa ou O homem dos mil dedos. Foi um dos grandes guitarristas e é um símbolo ímpar da cultura portuguesa. É um dos principais responsáveis pela divulgação e popularidade da guitarra portuguesa e grande compositor. Ao contrário do que muitos pensam, Carlos Paredes é um guitarrista tipicamente de Coimbra, para além das influências dos seus antepassados - pais, avós, tios, todos eles exímios guitarristas de Coimbra - a guitarra é de Coimbra, a afinação é de Coimbra e mesmo o estilo é tipicamente Coimbrão.

Filho, neto e bisneto dos famosos guitarristas Artur, Gonçalo Paredes e José Paredes, ele começou a estudar guitarra portuguesa aos quatro anos com o seu pai, embora a mãe preferisse que o filho se dedicasse ao piano, frequenta o Liceu Passos Manuel, começando também a ter aulas de violino na Academia de Amadores de Música. Na sua última entrevista, recorda: "Em pequeno, a minha mãe, coitadita, arranjou-me duas professoras de violino e piano. Eram senhoras muito cultas a quem devo a cultura musical que tenho".

Em 1934, muda-se para Lisboa com a família, e abandona o violino para se dedicar, sob a orientação do pai, completamente à guitarra. Carlos Paredes fala com saudades desses tempos: "Neste anos, creio que inventei muita coisa. Criei uma forma de tocar muito própria que é diferente da do meu pai, do meu avô, bisavô e tetratavô".

Carlos Paredes inicia em 1939 uma colaboração regular num programa de Artur Paredes na Emissora Nacional e termina os estudos secundários num colégio particular. Em 1943 faz exame de admissão ao Curso Industrial do Instituto Superior Técnico, que não chegou a concluir e inscreve-se nas aulas de canto da Juventude Musical Portuguesa, tornando-se em 1949 funcionário administrativo do Hospital de S. José.

Em 1957 grava o seu primeiro disco, a que chamou simplesmente "Carlos Paredes".

Em 1958, é preso pela PIDE por fazer oposição a Salazar, é acusado de pertencer ao Partido Comunista Português, de que era de facto militante, sendo libertado no final de 1959 e expulso da função pública na sequência de julgamento. Durante este tempo andava de um lado para o outro da cela fingindo tocar música, o que levou os companheiros de prisão a pensar que estaria louco - de facto, o que ele estava a fazer, era compor músicas na sua cabeça. Quando voltou para o local onde trabalhava no Hospital, uma das ex-colegas, Rosa Semião, recorda-se da mágoa do guitarrista devido à denúncia de que foi alvo: «Para ele foi uma traição, ter sido denunciado por um colega de trabalho do hospital. E contudo, mais tarde, ao cruzar-se com um dos homens que o denunciou, não deixou de o cumprimentar, revelando uma enorme capacidade de perdoar!»

Em 1962, é convidado pelo realizador Paulo Rocha, para compor a banda sonora do filme Os Verdes Anos: «Muitos jovens vinham de outras terras para tentarem a sorte em Lisboa. Isso tinha para mim um grande interesse humano e serviu de inspiração a muitas das minhas músicas. Eram jovens completamente marginalizados, empregadas domésticas, de lojas - Eram precisamente essas pessoas com que eu simpatizava profundamente, pela sua simplicidade». Recebeu um reconhecimento especial por “Os Verdes anos”.

Tocou com muitos artistas, incluindo Charlie Haden, Adriano Correia de Oliveira e Carlos do Carmo. Escreveu muitas músicas para filmes e em 1967 gravou o seu primeiro LP "Guitarra Portuguesa".

Quando os presos politicos foram libertados depois do 25 de Abril de 1974, eram vistos como heróis. No entanto, Carlos Paredes sempre recusou esse estatuto, dado pelo povo. Sobre o tempo que foi preso nunca gostou muito de comentar. Dizia «que havia pessoas, que sofreram mais do que eu!». Ele é reintegrado no quadro do Hospital de São José e percorre o país, actuando em sessões culturais, musicais e políticas em simultâneo, mantendo sempre uma vida simples, e por incrível que possa parecer, a sua profissão de arquivista de radiografias. Várias compilações de gravações de Carlos Paredes são editadas, estando desde 2003 a sua obra completa reunida numa caixa de oito CDs.

A sua paixão pela guitarra era tanta que, conta que certa vez, a sua guitarra se perdeu numa viagem de avião e ele confessou a um amigo que «pensou em se suicidar».

Uma doença do sistema nervoso central (mielopatia), impediu-o de tocar durante os últimos 11 anos da sua vida. Morreu em 23 de Julho de 2004 na Fundação Lar Nossa Senhora da Saúde em Lisboa, sendo decretado Luto Nacional.


publicado por maripossa às 21:25 link do post
sinto-me:
22 de Julho de 2007

Hoje vamos falar da Dança Bolero, ele surge em Espanha no final do século XVIII, possivelmente da confluência de grupos ciganos de Andaluzia.

No século seguinte, teria migrado para Cuba, levando consigo instrumentos musicais que acompanhavam estas danças ciganas, como violões e instrumentos de percussão em madeira, acompanhando com palmas

Em território novo Bolero mistura-se com ritmos africanos na década de 20 chega a havana.Será no final desta década, por influência do Trio Matamoro, que o Bolero combinado ao son (estilo dança cubano), o Bolero – son, ou Balada, firma-se como música e estilo de dança.

No Brasil esta dança surge na época de 40 e seus passos, inflenciados pela Valsa e pelo Tango, incorporam giros e caminhadas, fazendo com que os pares ganhem mais espaço nos salões.

Por outro lado dança será também fonte de influência para outros estilos tais como o mambo o cha cha cha e a salsa.

Pepe Sanchez tem sido reconhecido como o primeiro criador do primeiro Bolero em 1885,chamado “Tristezas” já no século xx a Consuelo Velásquez do célebre bolero “ Besame Mucho” é de uma beleza sem igual bem dançado, com alguma coreografias a mistura

 

saborlatino

publicado por maripossa às 21:40 link do post
sinto-me:
tags:
20 de Julho de 2007

Carlos Santana (nascido a 20 de julho de 1947) é um famoso guitarrista de rock e pop, nascido na cidade de Autlán de Navarro, México. Tornou-se famoso na década de 1960 com a banda Santana.

O pai de Carlos Santana era um violinista de mariachi, e o jovem Carlos inicialmente aprendeu o violino, porém mudou para a guitarra quando tinha 8 anos de idade. Depois que a família mudou-se para Tijuana, Santana começou a tocar em clubes e bares. Ele ficou em Tijuana quando sua família decidiu mudar para São Francisco, porém logo se juntou a eles. Em 1966 ele ajudou a formar a Santana Blues Band, nome posteriormente encurtado para Santana. A banda começou a tocar no Fillmore West Auditorium, onde muitas das grandes bandas de São Francisco começaram. A primeira gravação de Santana foi The Live Adventures of Mike Bloomfield and Al Kooper com Al Kooper e Mike Bloomfield.

Depois de assinar com a Columbia Records, Santana lançou um álbum auto-intitulado Santana. O grupo consistia, na época em: Carlos Santana (guitarra), Gregg Rolie (teclado e vocais), David Brown (baixo), Michael Shrieve (bateria), Jose Areas e Michael Carabello (percussão). Na turnê que fizeram para divulgar o álbum (que incluía os sucessos Jingo e Evil Ways), a banda tocou no Festival de Woodstock. A apresentação aumentou enormemente a popularidade do Santana. Santana se tornou um grande sucesso, tal como o álbum Abraxas, de 1970 (destacando a música Oye Como Va) e Santana III, de 1971. Em seguida, a formação original do Santana se desfez. Gregg Rolie se tornou um dos fundadores da banda Journey.

Carlos Santana manteve o nome e utilizou diversos músicos diferentes para continuar a turnê pelo país, lançando vários álbuns. Durante este período, Carlos adotou o nome "Devadip", dado a ele pelo líder espiritual Sri Chinmoy. Vários álbuns foram lançados nas décadas de 1970 e 1980, incluindo colaborações com Willie Nelson, Herbie Hancock, Booker T. Jones, Wayne Shorter, Ron Carter e The Fabulous Thunderbirds. Em 1991, Santana apareceu como convidado no álbum "Solo Para Ti", de Ottmar Liebert, nas músicas Reaching Out 2 U e numa versão de sua música Samba Pa Ti. Carlos santana foi incluído no "Hall da Fama do Rock and Roll" em 1998.

 
Carlos Santana no Rock in Rio Lisboa 2006Carlos Santana lançou em 1999 o álbum Supernatural, que teve as participações de Rob Thomas, Eric Clapton e Lauryn Hill, ganhando prêmios Grammy em nove categorias, no ano seguinte, igualando um record histórico que somente Michael Jackson detinha. Actualmente Carlos Santana é dos músicos mais conhecidos e aclamados em todo o mundo. Santana custuma usar guitarras PRS cor vermelha.

 

Fonte Wikipédia

Hoje em grandes campeonatos de danças latinas se dança o célebre (Corazon Espinado)

publicado por maripossa às 17:02 link do post
sinto-me:
tags:
19 de Julho de 2007

Pedra,

assento sobre pedra.

Uma casa de pedra,

Uma rua de casas de pedra,

Uma aldeia formada

de casas de pedra!

E nessa aldeia perdida,

Esquecida das gentes novas

e dos braços com vigor...

Ouvidos de velhos

escutam muito timidamente

Por detrás das portas entreabertas

o som dos passos estranhos

dos estranhos que pisam

a rua de pedra

 

Retalhos do Tempo

publicado por maripossa às 00:19 link do post
sinto-me:
tags:
17 de Julho de 2007

Rumba é uma dança cubana em compasso binário e ritmo complexo que influenciou e foi incorporado ao Flamenco.

No flamenco, caracteriza-se por um estilo mais suave e descontraente, de certa forma alegre, e de caracter menos misterioso do que os outros palos flamencos, como seria o caso da bulería, por exemplo.

Em termos da melodia, a escala menor harmônica não é tão utilizada quanto nos outros palos, sendo que geralmente uma escala diatônica predomina e interage em breves momentos com a menor harmônica em suas notas ciganas (o que de certo modo ajuda a manter as características do flamenco nesse estilo diferente). Um bom exemplo de Rumba (como palo Flamenco) é a canção "Entre dos Águas" composta por Paco de Lucía.

A influência de outros estilos musicais no Flamenco ocorreu majoritariamente no início do século XX, enriquecendo-o e o popularizando no resto do mundo.

Fonte wikipédia

 

Dança que pela sua beleza e ritmo,muito apaixonante e romântica,tem sensualidade de corpos.leveza de pernas e pés,tem muito do chá chá chá,mas em compasso lento

publicado por maripossa às 20:58 link do post
tags:
13 de Julho de 2007

 

 

 

 

Se a luz é o primeiro amor da vida, não será o amor a luz da vida? O amor é a única paixão que não admite nem passado nem futuro. Poetas são todos aqueles que amam e sentem as grandes verdades e as dizem, e a verdade das verdades é o amor.

 

Bayle

 

 

publicado por maripossa às 17:47 link do post
sinto-me: Em Fim Semana
tags:
Julho 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
14
15
16
18
21
24
27
29
31
subscrever feeds
Posts mais comentados
32 comentários
23 comentários
22 comentários
20 comentários
16 comentários
15 comentários
15 comentários
14 comentários
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
tags

actores

actores ivone silva

agradecimento_nomeação

amália

amigas

amigos

amigo_música_verdade

amizade

amor e dança

aniversário

aniversario

aniversário_27_01_2009- dois anos

aprender dançar

artistas portugueses

bailarinos

banda desenhada

bolero_da_nossa_vida

bombeiros

canções da nossa vida

cantores

cantores franceses

cantores italianos

cantores latinos

cantores portugueses

cantores-italianos

cantores_brasileiros

carlos paredes-verdes anos

carnaval 2008

cinema_da_nossa vida

circo

compositor

conselhos

contos de natal

conversas

criança

dança

dança e saúde

dança flamenco

dança latina

dança merengue

dança no gelo

dança passo doble

dança quicksetep

dança salsa

dança-roda-de-casino

dança-soltinho

dançar

dançar_tango_aprender

danças africanas

danças tradicionais

dança_fim semana

dança_fim_de_semana

dança_latinas

dança_latinas_desporto

dança_musical_paixão

dança_praça

dança_programa_tv

dança_recordação_amizade

dança_salsa_beleza_movimento

dança_samba

dança_slow fox

dança_tango

dança_tango_paixão

datas

datas comemorativas

datas trágicas

dia mundial da dança

elvis presley_data de sua morte

esclarecer

escritores portuguêses

fábula

factos da vida

fado

filmes da minha vida

frase da noite

frases

frases de vida

instrumentos musicais

meus poemas

mulheres famosas

música

musica

música brasileira

música latina

música portuguesa

músicas_da_vida

musica_da_ vida

música_italiana

músicos internacionais

natal 2007

passagens da vida

pensamentos

poemas

poemas_meus

poesia brasileira

poesia diversa

poesia portuguesa

prossa

rios

tango

todas as tags

últ. comentários
Olá,adorei o video e a sua descrição! mas eu queri...
Ola boa tarde Nuno..... Também foi com surpresa qu...
Olá, Lisa!Não estejas preocupada, amiga...eu enten...
Amiga Tina. Como se diz mais vale tarde que nunca?...
Ola querida amiga. Desculpa de só agora responder....
Boa noite Nuno Guimarães. Fiquei surpreendida com ...
Aprecio muito a música do saudoso Tony de Matos e ...
Boa tarde,Foi com surpresa que li o texto sobre o ...
Olá Lisa!Lindo este poema que trouxeste sobre bail...
Amiga LILisa AMEI O POEMA
blogs SAPO